segunda-feira, 1 de junho de 2020

#resenha 138
#livros


TÍTULO DO LIVRO: ANJOS E DEMÔNIOS
 
AUTOR(A): DAN BROWN

TRADUÇÃO:  MARIA LUIZA NEWLANDS

EDITORA: ARQUEIRO

ANO DE PUBLICAÇÃO: 2012

NÚMERO DE PÁGINAS: 416

RECOMENDAÇÃO: LITERATURA ADULTA


Filho de mãe musicista que tocava na igreja (daí sua curiosidade em saber mais sobre os dogmas religiosos usados em seus livros) e pai professor, o americano Daniel Gerhard Brown ou, simplesmente, Dan Brown literalmente cresceu dentro de uma escola. Estudou Literatura e História da Arte em Sevilha na Espanha, onde iniciou os estudos sobre os trabalhos de Leonardo da Vinci o que influenciou fortemente nos seus próprios trabalhos literários. O autor é casado com a pintora e historiadora Blythe Newlon, que colabora nas pesquisas durante a escrita de seus livros. Teve em 2004, simultaneamente quatro livros entre os mais vendidos do New York Times.

Seu primeiro livro foi Fortaleza digital, mas o que obteve mais sucesso foi o emblemático best-seller O código da Vinci que é o segundo em que o protagonista é Robert Langdon que na ordem são: Anjos e demônios, O código Da Vinci, O símbolo perdido, Inferno e Origem. Vários dos livros dele têm versões para o cinema e foram campeões de bilheteria.

Narrado em terceira pessoa, com capítulos intercalados entre as ações do protagonista e de outras personagens importantes na trama, o livro começa quando o americano Robert recebe um telefonema de Maximilian Kohler, o poderoso diretor na CERN- Conseil Européen pour la Recherche Nucléaire da Suíça, e implora que ele vá até aquele país com urgência porque o cientista mais proeminente daquele centro de pesquisa científicas foi morto. 

Ao matá-lo, arrancaram-lhe um olho e o queimaram com um ferro imprimindo-lhe no peito a palavra ILLUMINATI, nome de um grupo de culto satânico milenar contrário à igreja católica. Max o convocou porque sabia que ele era um estudioso em simbologia e arte religiosa e, com esse conhecimento, poderia ajudá-lo a descobrir o que pretendia esse grupo que todos acreditavam extinto há centenas de anos.

Logo em seguida, chega Vittoria, a filha adotiva do cientista também padre da igreja católica, mas que se dedicava exclusivamente aos estudos no ramo da Física. Pai e filha tinham feito descobertas que interessariam ao mundo todo. Ninguém sabia nada sobre isso ainda (pelo menos eles achavam que ninguém sabia); entretanto, desconfiavam que o assassinato de Leonardo Vectra tinha a ver com essa descoberta porque, no dia do assassinato, foi roubado um tubo contendo uma substância que poderia explodir tudo num espaço enorme como o do Vaticano. 

E foi justamente de lá, que Max recebeu uma ligação telefônica dizendo que tinham poucas horas para tentar encontrar o tal tubo. Caso contrário, milênios de história seriam destruídos. E o momento fora muito bem planejado, pois naquela ocasião, na cidade do Vaticano, estava sendo realizada a conclave - reunião dos cardeais para a escolha de um novo papa -, pois o anterior havia falecido há quinze dias.

Robert e Vittoria foram para lá imediatamente. Inicialmente tiveram que decifrar um poema em um texto antiquíssimo para tentar encontrar as pistas de onde estaria o tal objeto. Quatro marcos de um famoso escultor da antiguidade mostrariam o ponto exato de cada pista.

Os Illuminati, autores declarados do assassinato e do roubo, também tinham sequestrado quatro cardeais os quais eram os favoritos para a eleição do novo papa.

Robert e Vittoria, várias vezes quase sem esperanças, continuavam a usar seus conhecimentos e sua intuição para desvendar os mistérios. Tudo tão bem intrincado num texto em que que os conhecimentos em Simbologia, Arte religiosa e Física seriam bastante úteis. O leitor sente que está participando da história nos 137 capítulos dessa trama tão envolvente. 

Vale muito a pena ler o livro.

DLL- 1º - junho – um livro de capa vermelha


quinta-feira, 28 de maio de 2020


           
           Olá, meus queridos seguidores,

Resolvi fazer umas mudanças no layout do meu blog indicando uma nova fase.

Quem acompanha o LIVROS E LEITURAS DE PAULA já deve ter percebido que, agora, tem dia certo para novas resenhas. Elas são postadas nos dias 1º, 7, 13, 19 e 25 de cada mês.

A capa já está estampando a página inicial há alguns dias. Ela foi criada pelo meu amigo Bruno Borges. Seu apoio está sendo muito importante para a nova fase do blog. Tenho estudado também para conhecer outras formas para melhorar o conteúdo. Espero que gostem.

Tenho também um canal literário no youtube no qual posto resenhas de livros. As resenhas de alguns livros que posto no canal não estão no blog. Segue o link do canal Livros e leituras de Paula no youtube.


Acesse-o, curta e se inscreva.

E para marcar esta nova fase, estou promovendo o sorteio de mais um livro para os seguidores quando o blog alcançar a marca dos 100.

Então, continue firme, acompanhando minhas postagens, comentando, curtindo e compartilhando com seus amigos.

E o livro será O HOMEM DE GIZ da autora C. J. Tudor em capa dura, que será enviado sem custos para o ganhador.




segunda-feira, 25 de maio de 2020

137- #Resenha do livro A ARTE DA GUERRA- os treze capítulos completos

SUN TZU, TRADUÇÃO ELVIRA VIGNA, EDITORA NOVA  

FRONTEIRA, 2009, 106 páginas

RECOMENDAÇÃO: LITERATURA ADULTA

            O autor foi um general chinês e profundo conhecedor das táticas militares expostas neste livro. Obteve inúmeras vitórias consideradas de grande importância entre os exércitos da época servindo de exemplo até os dias de hoje. Sabe-se que ele viveu por volta do século IV antes de Cristo.

            O prefácio do livro foi redigido por Gustavo Cerbasi, autor de vários livros na área da liderança nos negócios, e é iniciado com a seguinte citação:

 “O verdadeiro objetivo da guerra é a paz.”

Gustavo comenta que apesar do livro ter sido escrito há mais de dois milênios, tudo nele pode ser utilizado nos dias de hoje: estratégias, planejamento e liderança, pois estes são conceitos ligados não só à guerra em si, mas também à vida como um todo.

            Cada capítulo vai tratar de um tópico que um líder deve conhecer bem e pôr em prática se quiser ser um vencedor. Explorar os pontos positivos e negativos do exército comandado e também os do exército inimigo é de extrema importância. Cada avanço deve ser valorizado; cada recuo, considerado estritamente necessário.

            O perfil de cada soldado precisa ser conhecido e valorizado no momento oportuno. Nenhuma forma de poder deve desmerecer o esforço de cada um deles. Sem soldados, de nada adiantam o planejamento, estratégias e liderança. Assim como também não adianta ter vantagem numérica em recursos humanos e armas e de um lugar estratégico para o ataque se os três itens citados anteriormente não forem eficazes.

            Em cada capítulo, um aprendizado, por isso, vale a pena ler o livro.

DLL maio -5º- Um livro de autor japonês ou chinês

terça-feira, 19 de maio de 2020

136- EM BUSCA DE UM NOVO AMANHÃ

SIDNEY SHELDON E TILLY BAGSHAWE, TRADUÇÃO MARIANA 

KOHNERT, EDITORA RECORD, 2016, 477 PÁGINAS

RECOMENDAÇÃO: LITERATURA ADULTA

Este livro é a continuação do livro Se houver amanhã, mas pode ser lido isoladamente. Se preferir conhecer o livro citado bem como alguns dados do autor, acesse sua resenha por este link  https://livroseleiturasdepaula.blogspot.com/2019/05/73-resenha-do-livro-se-houver-amanha.html

Neste livro, Tracy Whitney e Jeff Stevens se casam e seu projeto de vida é ter uma vida normal, com filhos e tudo mais. Entretanto, a gravidez tão almejada não acontece e ela sente que nada preenche o espaço deixado pela vida vivida antes do casamento em que disfarces e grandes roubos davam-lhe a adrenalina necessária para viver.

Jeff trabalha num museu e ele se sente satisfeito com sua nova vida. E é justamente no seu local de trabalho que algo acontece e que vai fazer Tracy se afastar dele fazendo com que ele pense que ela morreu.

Grandes crimes continuam acontecendo: o assassino da Bíblia está fazendo mais e mais vítimas. Os assassinatos têm características muito peculiares e comuns entre si. E um grande investigador percebe-as e acredita que Jeff está por trás dos crimes, porém o FBI não lhe dá ouvidos. Ele não desiste da ideia de descobrir quem é o matador com manias tão esdrúxulas. Encontra Tracy e, praticamente, a obriga a colaborar com as investigações sob pena de revelar seu passado não muito exemplar para pessoas ao seu redor.

Grandes revelações ficam para os últimos capítulos do livro fazendo com que o leitor se sinta como se estivesse vivenciando a investigação.

Eu havia iniciado a leitura deste livro antes de ler aquele que é o primeiro da série (Se houver amanhã) e após essa leitura, retomei-o e valeu muito a pena porque lê-los na ordem amplia o entendimento da história.

DLL- maio- 4º- um livro que você não terminou




DLL  maio -4º- Um livro que não terminou

#resenha 138 #livros TÍTULO DO LIVRO: ANJOS E DEMÔNIOS   AUTOR(A): DAN BROWN TRADUÇÃO:  MARIA LUIZA NEWLANDS EDITORA: ARQ...